Última hora
recent

Euromilhões saiu a mulher de 53 anos em Portugal

Fotografia da Papelaria em Reborsosa (Paredes)
O Euromilhões fez mais um milionário em Portugal. Desta vez, a feliz contemplada com um prémio de 17 milhões de euros foi uma mulher de 53 anos residente em Rebordosa, em Paredes.

Sábado, e depois de umas horas de descanso para recuperar das emoções da noite anterior, a premiada continuou a servir os clientes do café no qual foi empregada e que, há uns anos, começou a explorar por conta própria.

"Ela ficou a descansar um bocado. Ainda está a perceber o que aconteceu", descreveu um filho, que assegurou as primeiras horas de serviço no estabelecimento comercial.

O facto de trabalhar no dia seguinte a ter ficado milionária não surpreendeu amigos e conhecidos, que descrevem a mais recente vencedora do Euromilhões como uma pessoa humilde, trabalhadora e merecedora da sorte que a bafejou.

"O prémio está muito bem entregue. Se há pessoa que merece é ela", afirmou um popular contactado pelo JN. "Já passou por maus momentos na vida e ainda bem que lhe saiu a ela", diz outro. "Já precisou de ajuda e tenho a certeza que, com o dinheiro que lhe saiu, vai ajudar muita gente. É boa pessoa", complementa um terceiro amigo.

A nova milionária de Portugal é casada com um funcionário de uma empresa de móveis e tem dois filhos. Um é maior de idade e está frequentar o ensino superior. O outro é ainda uma criança.

O boletim premiado com os 17 milhões de euros foi registado numa papelaria de Rebordosa, que tem o hábito de distribuir avultados prémios pelos clientes.

"Já demos dois primeiros prémios do Totoloto e dois segundos do Euromilhões, com um valor de 185 mil e 80 mil euros. Também já saiu um prémio de 108 mil euros numa raspadinha vendida aqui", refere Osvaldo Sérgio.

"Só faltava o primeiro prémio do Euromilhões e quando, na noite de sexta-feira, o inspetor da Santa Casa me telefonou a dizer que o boletim vencedor tinha sido registado aqui, fiquei muito satisfeito. É sempre um prazer dar prémios aos clientes", diz o proprietário da Papelaria Carla e Sérgio, que tem as portas abertas há cerca de 35 anos. Fonte: JN.

Blogs Portugal

Com tecnologia do Blogger.