Última hora
recent

Está em marcha uma megaoperação para apanhar Pedro Dias

Fotografia da GNR em operação STOP
As autoridades continuam a acreditar que Pedro Dias está escondido entre os concelhos de Vila Real e Sabrosa. Durante esta segunda-feira, a GNR lançou uma megaoperação nas principais saídas de Vila Real e consequentes acessos às autoestradas, controlando centenas de viaturas. Militares da GNR pediram aos condutores de carros, carrinhas e camiões para abrirem as bagageiras, que depois eram inspecionadas.

Uma situação que se deverá manter nos próximos dias. O objetivo é evitar a fuga do homicida de Aguiar da Beira, procurado há 21 dias pela polícia.

As autoridades acreditam que o homem mais procurado do País pode estar a ter ajuda de terceiros, e que neste momento tenta encontrar um plano de fuga. Quanto à Polícia Judiciária, mantém-se na zona de Sabrosa, à procura de pistas sobre o paradeiro do duplo homicida.

Paralelamente, as autoridades continuam também as buscas para localizar o jipe Land Rover que desapareceu na Quinta do Portal, em Celeirós do Douro. Não é certo que o furto da viatura todo-o-terreno tenha sido cometido por Pedro Dias, mas a hipótese – até que o veículo seja recuperado e posteriormente inspecionado pelos inspetores da Polícia Judiciária – mantém-se ainda em aberto.

Também durante o dia de ontem, na Quinta da Eira, em Paços, onde Pedro Dias terá pernoitado e deixado vestígios de sangue numa casa, foram arranjados os estragos deixados para trás pelo fugitivo.

As autoridades defendem que foi efetivamente Pedro Dias quem esteve na casa, embora não seja possível apurar pelos vestígios de ADN recolhidos, uma vez que a família – pais e uma irmã – não quiseram fornecer os seus perfis genéticos. Fonte: CM.

Blogs Portugal

Com tecnologia do Blogger.