Última hora
recent

Corpos da família Troadec foram desmembrados, queimados e enterrados

Fotografia da casa onde morava o homicida Hubert Caoussin
A casa onde vivia o homicida, Hubert Caouissin
Getty Images

Depois de se descobrir quem presumivelmente matou a familia Troadec, surgem novas notícias sobre o caso.

O Correio da Manhã avançou com uma notícia "dificil de ler", pois ao que parece os corpos da família Troadec, que estava desaparecida, "foram desmembrados, queimados e enterrados".

Dada como desaparecida a 16 de fevereiro, a família Trouadec foi procurada durante semanas. Até as autoridades terem conseguido a confissão de Hubert Caouissin, cunhado de Pascal Troadec. Este admitiu ter assassinado Pascal, a mulher, Brigitte, e os filhos, Charlotte e Sebastian. Mas os corpos estavam em parte incerta. O que revela esta terça-feria a justiça francesa ajuda a explicar esta ausência. O procurador Pierre Sennes conta que as autoridades apuraram que Hubert levou a família para um quinta isolada que tem em Pont de Buis , na Finisterra, a ponta mais a noroeste de França. Aí, os quatro Troadec foram assassinados à facada. Hubert Caouissin dedicou-se depois à macabra tarefa de ocultar todos os vestígios dos corpos. Depois de lhes tirar as vísceras, desmembrou os corpos, com uma tenaz de metal e um machado. A seguir, queimou "metodicamente" os pedaços dos corpos, esmagou os ossos e enterrou ou atirou à floresta os pedaços mais difíceis de destruir. Os investigadores procuram agora recolher os indícios que possam restar dos corpos das vítimas para consolidar a prova contra Hubert. O homem confessou às autoridades que o motivo do crime foi uma herança em barras de ouro que disputava com Pascal Troadec.

Fonte: Correio da Manhã

Blogs Portugal

Com tecnologia do Blogger.