Última hora
recent

Operação Marquês: José Sócrates vai mesmo ser acusado de corrupção

Jose Socrates

Na próxima segunda-feira à tarde, José Sócrates vai ser ouvido novamente pelo Ministério Público, no âmbito do conhecido processo "Operação Marquês", confirmou o seu advogado.

Ao que se sabe, o Ministério Público pretende acusar José Sócrates de corrupção, fraude fiscal qualificada e branqueamento de capitais, avançou hoje o jornal Expresso. A cinco dias úteis do fim do prazo dado pela procuradora-geral da República para a investigação ser concluída, os procuradores envolvidos na Operação Marquês consideram que os indícios foram "consolidados" e a prova é "robusta", segundo o semanário.

De acordo com o Expresso, o procurador Rosário Teixeira vai voltar a interrogar o antigo primeiro-ministro e confrontá-lo com os indícios recolhidos mais recentemente, nomeadamente sobre a OPA fracassada da Sonae à Portugal Telecom em 2007, a venda e a compra das operadoras telefónicas brasileira Vivo e Oi, em 2010.

Segundo avançou entretanto a SIC, José Sócrates voltará a ser ouvido, pela terceira vez, na segunda-feira à tarde.

Contactado pela agência Lusa, João Araújo, advogado de José Sócrates juntamente com Pedro Delille, precisou que a defesa foi notificada pelo MP para comparecer no interrogatório de segunda-feira no DCIAP, tendo o MP pedido aos advogados que notificassem o próprio ex-primeiro-ministro da diligência marcada.

O Ministério Público alega que José Sócrates foi corrompido a troco de 23 milhões de euros em três situações: dois milhões por causa do resort de Vale do Lobo; 17,5 milhões do GES e da PT e o restante a propósito do Grupo Lena, descreve o jornal.

Além de Sócrates, voltarão a ser ouvidos, segundo o semanário, outros arguidos, nomeadamente Sofia fava, ex-mulher do primeiro-ministro, e, "muito provavelmente", Carlos Santos Silva e Armando Vara.

Fonte:DN.

Já viu a grande reportagem da sic sobre os bancos e a corrupção?

Blogs Portugal

Com tecnologia do Blogger.