Última hora
recent

Coreia do Norte faz novo teste e falha lançamento de míssil


A Coreia do Norte fez um novo teste de lançamento de míssil esta sexta-feira (sábado em território norte-coreano), noticia a agência Yonhap, citando fonte militar do regime de Kim Jong-un.

O teste terá ocorrido a norte da região de Pyongyang.

Este é o sexto míssil lançado pela Coreia do Norte em 2017 e o terceiro deste mês de abril.

Fonte do Governo norte-americano relatou à agência Reuters que a tentativa de lançamento foi, novamente, falhada.

As Forças Armadas da Coreia do Sul também confirmam esta informação. O míssil terá explodido pouco depois do lançamento.

Um militar dos EUA admitiu, sob anonimato, que o míssil deveria ser um designado KN-17, que é de médio alcance. Rebentou ao fim de alguns minutos depois do lançamento e os destroços caíram no Mar do Japão.

Um militar sul-coreano, também sem elaborar, disse que se acreditava que o lançamento tinha falhado, sem quantificar a distância percorrida nem confirmar se tinha explodido pouco depois do lançamento. Este teste surge depois do secretário de Estado norte-americano ter alertado a ONU que qualquer falha no impedimento do desenvolvimento dos programas nucleares e de lançamento de mísseis balísticos na Coreia do Norte terá "consequências catastróficas".

Em entrevista na quinta-feira o presidente Donald Trump admitiu a possibilidade de "um grande, grande conflito" com o regime de Pyongyang, motivado pelos mesmos programas.

Alguns responsáveis do governo norte-americano de Trump ameaçaram avançar com uma série de sanções económicas e manobras militares após o teste do lançamento de missíl. A Coreia do Norte testa com frequência vários mísseis balísticos, apesar das proibições da Organização das Nações Unidas, como parte da sua vontade de desenvolver mísseis balísticos de longo alcance, com capacidade nuclear, capazes de atingir o território principal dos EUA.

"A Coreia do Norte desrespeitou a China"

O Presidente norte-americano, Donald Trump, considerou na noite de sexta-feira que a Coreia do Norte, ao efetuar mais um disparo de um míssil, "faltou ao respeito" à China.

"A Coreia do Norte faltou ao respeito aos desejos da China e do seu Presidente altamente respeitado quando lançou, apesar de sem sucesso, um míssil hoje. Mau!" 
reagiu Trump, em mensagem divulgada através da rede social Twitter, algumas horas depois do fracasso deste disparo.
Fonte: CM.

Blogs Portugal

Com tecnologia do Blogger.