Última hora
recent

Explosões no concerto de Ariana Grande - Vários mortos e feridos e milhares de pessoas em pânico

Foto Ariana Grande

Cantora diz-se sem palavras depois do ataque que, na segunda-feira (22) à noite, provocou pelos menos 22 mortos e 59 feridos.

A cantora Ariana Grande afirmou esta terça-feira estar “destroçada”, após a explosão no final do concerto que deu em Manchester, no Reino Unido, que causou pelo menos 22 mortos e 59 feridos e está a ser tratada pelas polícias como um “incidente de terrorismo”.

Destroçada. Do fundo do meu coração, lamento imenso. Não tenho palavras
escreveu a cantora norte-americana na sua conta da rede social Twitter.



A explosão ocorreu pelas 22:45 de segunda-feira junto à Arena de Manchester, no final de um concerto de Ariana Grande.

Scooter Braun, representante de Ariana Grande, também manifestou pesar pelas vítimas.

Esta noite os nossos corações estão destroçados. As palavras não podem expressar a nossa dor pelas vítimas e famílias afetadas neste ataque sem sentido", disse Braun nas redes sociais.

Testemunhas descreveram que, pouco depois de Ariana Grande se ter despedido do público e de se terem acendido as luzes do Manchester Arena, uma grande explosão provocou o pânico entre os espetadores, que correram à procura de uma saída.

Choramos pelas vidas das crianças e dos entes queridos que foram levadas por este ato cobarde", disse o representante da estrela pop, que agradeceu o trabalho aos serviços de emergência de Manchester que "correram para o perigo para ajudar a salvar vidas".

A primeira-ministra britânica, Theresa May, condenou o "ataque terrorista terrível" que ocorreu na Arena de Manchester e disse estar a trabalhar "para estabelecer todos os detalhes do que está a ser tratado pela polícia como um terrível atentado terrorista", manifestando o seu pesar às famílias das vítimas.

Theresa May preside esta terça-feira de manhã a uma reunião da Comissão Cobra, que é acionada em situações de crise e inclui representantes de forças da polícia e de outras autoridades.

A capacidade da Arena é de 21 mil pessoas e o recinto estava cheio de jovens e adolescentes para assistirem ao concerto da cantora Ariana Grande.

A polícia de Manchester informou que está a trabalhar com outras agências nacionais especializadas no combate ao terrorismo.

Fonte:TVI24.

Blogs Portugal

Com tecnologia do Blogger.