Última hora
recent

Renault Clio é o novo campeão europeu dos subcompactos

renault clio

As vendas de automóveis subcompactos cresceram 3& na Europa, no ano passado, cerca de metade dos 6,2% do total do mercado automóvel europeu. Apesar de ter perdido pedo, o segmento B manteve-se, por larga margem, como o maior segmento da Europa, refere a carsalesbase.com.

O Renault Clio (foto) conquistou a liderança do segmento ao Ford Fiesta, num ano em que a luta pelos primeiros lugares foi intensa, com três líderes diferentes nos três primeiros trimestres do ano. O Ford Fiesta, best seller da categoria em seis dos últimos oito anos, foi o modelo mais vendido entre janeiro e março, sucedendo-lhe o Renault Clio, no segundo trimestre, e o Volkswagen Polo, no terceiro. Com uma ponta final melhor que os seus rivais mais diretos, e já beneficiando do impacto do facelift de que foi alvo em junho, o Clio acabaria por fechar o ano na primeira posição do ranking, com uma subida de 3% nas vendas em volume e uma margem sobre o Polo, número dois da tabela, de apenas 3500 unidades.

O Fiesta recuou 5% face aos registos de 2015 e ficou abaixo das 300 mil unidades, o que só tinha acontecido até agora uma única vez, desde 2002, caindo para o último lugar do pódio.

O Clio foi alvo de um facelift em meados do ano passado e o Polo terá uma atualização em breve, enquanto a nova geração do Fiesta só chegará já mais perto do final deste ano, o que lhe permitirá recuperar parte das vendas perdidas, a partir de 2018.

Yaris, Ocavia e Sandero em mais um ano de recordes

A Opel/Vauxhall garante a 4ª posição no segmento, com o Corsa, apesar de um recuo de 2% nas vendas, o Peugeot 208 regista o maior volume de vendas desde o seu lançamento em 2012 e o Toyota Yaris regista o seu oitavo ano consecutivo de recordes de vendas. Skoda Octavia e Dacia Sandero também fecham 2016 com os sues melhores anos de sempre. O modelo da marca romena é, aliás, o que mais cresce no Top 15.
Lançada no final do ano, a nova geração do Citroen C3 (foto) só teve impacto nas vendas de dezembro. Ainda assim, segura a 9ª posição, com uma subida de 8%.

Em 2017, já com o novo C3 em ano de velocidade cruzeiro, a marca espera ultrapassar o patamar das 200 mil unidades anuais, o que já não acontece desde 2010.

A nova geração do Seat Ibiza chegará ao mercado ainda na primeira semana do ano e deverá catapultar as vendas do modelo espanhol, que cresceu 2% em 2016, segurando a 10ª posição no segmento. Mais fortes, foram as progressões dos coreanos Hyundai i20 (+8%) e Kia Rio (+6%), que ultrapassaram o Fiat Tipo.

O novo Nissan Micra, montado na Europa nas mesmas linhas de produção do Renualt Clio, já chegou ao mercado e deverá possibilitar à marca japonesas inverter a quebra de 9% do ano passado.

Fonte: auto.monitor.

Blogs Portugal

Com tecnologia do Blogger.